CompuNet seu provedor de internet com qualidade
Confusão

Torcedores do Vasco são feridos pela PM após serem impedidos de entrar no Maracanã

Decisão judicial impediu presença de torcedores no jogo, mas anúncio de que Vasco permitiria entrada levou torcida para a porta do estádio. Justiça determinou entrada de torcedores meia hora após confusão.

17/02/2019 21h49
Por: Edinardo Pinto
Fonte: G1
279
Jogo Fluminense X Vasco / Foto: Reprodução/TV GLOBO
Jogo Fluminense X Vasco / Foto: Reprodução/TV GLOBO

Torcedores do Vasco ficaram feridos na tarde deste domingo (17) após serem impedidos de entrar para ver a final da Taça Guanabara no Maracanã, Zona Norte do Rio. A Polícia Militar jogou bombas de efeito moral e alguns torcedores relataram o uso de balas de borracha e spray de pimenta.

De acordo com informações do Globo Esporte, no total foram 31 feridos. No ambulatório do Maracanã foram 29 atendimentos e duas pessoas foram levadas para o Hospital Sousa Aguiar, no Centro. Até às 20h45, a secretaria de Saúde não informou o estado de saúde das vítimas.

O jogo começou às 17h sem a presença das torcidas e, por volta das 17h35, uma parte dos torcedores com ingresso teve o acesso liberado pela Justiça para entrada no estádio. Siga o jogo em tempo real.

Uma decisão judicial impediu a entrada de torcedores no estádio. Fluminense e Vasco disputavam o direito de alocar suas torcidas na setor sul do Maracanã. O Vasco, como mandante do jogo, contestou a decisão judicial que concedia ao Fluminense o uso do local e manteve as vendas de ingressos para sua torcida.

Após confusão, acesso ao Maracanã é liberado aos torcedores

Uma decisão da madrugada deste domingo manteve a ordem do jogo ser realizado com portões fechados. No entanto, o Vasco decidiu assumir o risco de um processo e de multa de R$ 500 mil e declarou que sua torcida poderia ir ao jogo.

Entenda a disputa

Um acordo feito pelo Fluminense e o Consórcio Maracanã em 2013, quando o estádio foi reaberto após obras para a Copa, definiu que a torcida tricolor ia ser alocada no Setor Sul do Maracanã nos jogos do time.

Nesta sexta, o Vasco anunciou, porém, que sua torcida ia ocupar o Setor Sul do estádio. O clube alegou que o local é usado tradicionalmente pelo clube desde a inauguração do Maracanã, em 1950

No mesmo dia, o Fluminense foi à Justiça, que concedeu uma liminar garantindo o Setor Sul do Maracanã à torcida do Fluminense, sob pena de multa de R$ 50 mil por hora de venda de ingresso

O Vasco recorreu e, neste domingo, uma nova decisão da Justiça determinou a decisão com portões fechados, sob pena de multa de R$ 500 mil

Após a última decisão, o Vasco se reuniu na Federação de Futebol do Rio de Janeiro e decidiu assumir o risco de pagar a multa e bancou a realização do jogo com a torcida presente

Apesar disso, o Juizado Especial do Torcedor no Maracanã determinou que a decisão fosse cumprida e a partida fosse mantida com portões fechados

O jogo começou com portões fechados e do lado de fora houve confusão e correria envolvendo torcedores e PM

Por volta das 17h35, a Justiça liberou a entrada de torcedores

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários